Integrada no programa da 18.ª Feira do Queijo do Alentejo, que decorre em Serpa entre os dias 22 e 24 de fevereiro, promovida pela Câmara Municipal de Serpa, terá lugar este ano, pela primeira vez, a Academia do Queijo.
O Município cria assim um espaço profissional, que reúne representantes do sector queijeiro, da distribuição e dos consumidores, das associações de criadores de raças autóctones, de instituições de ensino e de investigação, do turismo e da gastronomia, aberto à discussão e reflexão sobre temas como a inovação, o planeamento estratégico e o turismo em torno do queijo, ao mesmo tempo que se valoriza o carácter lúdico do evento, criando momentos mais informais em torno do consumo de queijo.
A participação nesta Academia é aberta a todos.

 

ACADEMIA DO QUEIJO

 

PROGRAMA

Sexta-feira, 22 de fevereiro

16.00h-18.45h

SESSÃO TÉCNICA: QUEIJO DE CABRA – TRADIÇÃO E MODERNIDADE
Queijos de Cabra do Guadiana – Fernando Silvestre – Queijaria d´Aldeia e Queijaria Silvestre – Elsa Silvestre
Queijo de Cabra de Pasta Mole – Eduardo Grossi – Lacto Argudo (Espanha)
Queijo de Cabra Biológico – Miguel Valente – Herdade do Escrivão
> Moderador: Inocêncio Seita Coelho – INIAV, I.P.

OFICINA DE COZINHA – LIGAÇÕES IMPROVÁVEIS
Queijo de cabra cinzado, panado com amêndoas e salada de rúcula
Queijo de cabra curado, risoto e cogumelos
Queijo de cabra fresco em cordon blue de perú e presunto
> Chef José Bengaló

Sábado, 23 de fevereiro

18.00h-20.00h

SESSÃO TÉCNICA: QUEIJO DOP – TRADIÇÃO E EXCELÊNCIA
Viagem a Savoie, à descoberta dos queijos da montanha. Pela fromagerie Maître Renard – Queijaria Francesa – Pauline Treillard
Queijos à Prova – Clube do Consumidores de Queijos (prova e análise sensorial de Queijos DOP)
Carlos Bettencourt – DRAPAL, Cristina Pinheiro – UE, Maria João Carvalho – IPBeja, Pedro Louro e Inocêncio Seita Coelho – INIAV, I.P.
> Moderador: Nuno Alvarenga – INIAV, I.P.
OFICINA DE COZINHA – O QUEIJO PELO MUNDO
Queijo azul, molhos e preparações
Queijo Serpa DOP em molho de bifes e recheios
Queijo Serpa curado e sopa de espargos
> Chef José Bengaló

 

Domingo, 24 de fevereiro

11.00h-13.00h

SESSÃO TÉCNICA – APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO NO SETOR DO QUEIJO
ValBiotecCynara – “Valorização Económica do Cardo (Cynara cardunculus): variabilidade natural e as suas aplicações biotecnológicas” – Fátima Duarte – CEBAL
CFD4CHEESE – Aplicação da Mecânica dos Fluidos Computacional na Otimização das Condições de Cura de Queijos Tradicionais – João Dias – IPBeja
SerpaFlora – Valorização da Flora Autóctone do Queijo Serpa – Teresa Santos – IPBeja
LACTIES: Inovação, Ecoeficiência e Segurança em PME’s do Setor dos Laticínios – Antónia Macedo – IPBeja
> Moderador: Nuno Alvarenga – INIAV, I.P,

15.00h

ENTREGA DOS PRÉMIOS
5.º Concurso “Melhor Queijo da Feira do Queijo do Alentejo 2019”, com apresentação dos critérios de avaliação e resultados gerais

19.00h

OFICINA DE COZINHA – Sugestões do chef
Empadas de requeijão de Serpa e cogumelos
Tortilha de milho com borrego assado e molho de requeijão
> Chef José Bengaló

Em permanência:
Exposição “Cardo – Um recurso Endógeno”
(CEBAL – Centro de Biotecnologia Agrícola e Agroalimentar do Alentejo)

Sinopse
Exposição fotográfica que reúne as diferentes fases de desenvolvimento da planta Cynara cardunculus, vulgarmente conhecida por cardo.
O cardo, como recurso endógeno, encontra-se em todos os elementos fotográficos apresentados, desde o momento da germinação da planta até à floração, encerrando o ciclo anual de desenvolvimento quando as primeiras sementes voltam à terra, arrastadas pelos ventos de final de verão.
No âmbito do projeto “ValBiotecCynara – Valorização Económica do Cardo (Cynara cardunculus): variabilidade natural e as suas aplicações biotecnológicas”, as fotografias representam o olhar atento de investigadores, focados em pormenores fotogénicos e muito inspiradores para o trabalho que desenvolvem em prol da valorização económica deste recurso endógeno de elevado valor.